A dor é a manifestação primordial da vida. Tudo o que fazemos é para atenuar essa dor. A felicidade suprema seria a ausência total de dor. Eis uma tentativa de contribuição para minorar esse sentimento … Como naquela expressão inglesa: I have my moments, em resposta à pergunta, Are you happy?

domingo, maio 27, 2007

Bicampeonato para a Ovarense


Permitam-me partilhar esta alegria convosco, mesmo que o basquetebol não vos diga nada.

A minha querida Ovarense não podia ter desejado melhor despedida para o velhinho Pavilhão Dr. Raimundo Rodrigues, casa da Ovarense Basquetebol, há décadas, ao vencer o seu arqui-rival nestas andanças o FC Porto, na "negra" da final dos play-off, à melhor de sete, conquistando mais um campeonato nacional. Venceu quatro jogos, desta final, contra três do FC Porto que chegou a assustar, depois de ter ficado em terceiro lugar na fase regular da época, tendo a Ovarense ficado em primeiro vencendo todos os jogos que jogou com o Porto (oito, incluindo outras competições domésticas) antes desta final.

O velho "caldeirão negro" merecia esta despedida. Espero que o novo recinto, a Arena Dolce Vita, mantenha esta "mística" de unir a nação vareira em torno da sua equipa, e que continue na linha da frente no panorama do basquetebol nacional.

Campeões! Campeões! Nós somos Campeões!

(chuif!)




2 comentários:

Sem Quorum disse...

Parabéns e votos de que a Ovarense continue a encestar muitas bolas na nova casa! Já lá vão 4 títulos e este é o bi. Venha o tri!
Abraço,
ALM

martim de gouveia e sousa disse...

parabéns, campeão! abraço!