A dor é a manifestação primordial da vida. Tudo o que fazemos é para atenuar essa dor. A felicidade suprema seria a ausência total de dor. Eis uma tentativa de contribuição para minorar esse sentimento … Como naquela expressão inglesa: I have my moments, em resposta à pergunta, Are you happy?

quinta-feira, junho 01, 2006

3º Ciclo do 3º Ciclo – Guerra Fria

Com a avaliação dos professores a ser feita, em parte, pelos pais e encarregados e de educação responde a Fenprof que o ME “comprou uma guerra terrível”.
Acho muito bem! Acho que até nos deveríamos avaliar todos uns aos outros.
Os professores deveriam, também, avaliar os pais e os encarregados de educação e se estes tivessem duas menções negativas o Estado retiraria a custódia dos respectivos educandos.
Mas não pararíamos aqui. Esta inter – avaliação alargar-se-ia a toda sociedade. Os doentes avaliariam os médicos e vice-versa., podendo os médicos ser afastados e os doentes perderem o direito à assistência médica. Estas medidas seriam aplicadas com os criminosos e polícias; os prisioneiros e guardas – prisionais; os guardas – prisionais e os directores prisionais; o público e os mass – média; os beatos e congregações em geral e os padres; os padres e os bispos; os bispos e os cardeais; os cardeais e o Papa; o Papa e …; enfim a todos os sectores da sociedade portuguesa.

Com esta avaliação mútua. Seria a sociedade Big Brother no seu pleno. Seria como na Guerra Fria em que os antigos blocos se vigiavam mutuamente e em que ninguém ousava lançar o primeiro míssil porque então não ficaria ninguém para festejar a vitória.

Todos os males acabariam. Ninguém ousaria atirar a primeira pedra.

Sou a informar que é obrigatório uma avaliação qualitativa (insuficiente, regular, bom, muito bom, excelente) em relação ao autor deste post nos comments.

Obrigado.

2 comentários:

O Micróbio II disse...

Acedi ao seu pedido e cá terá de me aguentar com algumas infecções, apesar do aviso que infecções por aqui não serão certamente contagiosas porque pelos vistos tem os anticorpos activos. Tanto melhor! :-)
Quanto ao post, já tive a oportunidade de comentar no post do Sem Quorum (já que a temática é a mesma) e repare bem que a primeira pedra já foi atirada pela ministra, agora resta saber se vai ficar alguém para festejar vitória!... e quanto à avaliação qualitativa no final, não aprecio escalas ímpares e esta, apesar de ímpar é muito duvidosa (3 critérios no "bom", uma no "assim assim que nada diz" e uma negatia)... :-)
Linkei-o por lá no Micróbio!

Sem Quorum disse...

Bom post, Marco! A revolta é grande e o silêncio impossível... E folgo por saber que o Micróbio (um cavalheiro como te disse) não só te comenta como, a seguir a mim, teve a amabilidade de te linkar! Temos de combinar uma jantarada :)
Bom fim-de-semana!
ALM