A dor é a manifestação primordial da vida. Tudo o que fazemos é para atenuar essa dor. A felicidade suprema seria a ausência total de dor. Eis uma tentativa de contribuição para minorar esse sentimento … Como naquela expressão inglesa: I have my moments, em resposta à pergunta, Are you happy?

sábado, fevereiro 24, 2007

A Jovem Mãe





Eu vejo
Todas as manhãs
Uma jovem
Uma jovem mãe
A empurrar
Um carrinho com bebé
Fala com ele
Constantemente
A empurrar o carrinho de bebé
E a falar
A sorrir
Para o bebé
Caminha
Muitos quilómetros
Eu sei
Porque vejo
Para onde
Não sei
Sei que é
Obrigada a
Empurrar o carrinho
Para bem de ambos
A falar e confortar
No frio da manhã
Mesmo a chover de guarda – chuva
Em punho
A empurrar
A falar e
A sorrir
Obrigada
Mas feliz
Por estar
A olhar
O olhar
A falar
E a sorrir
Para o seu bebé

Tenho pena
Quero ajudar
Mas não devo
Interferir
Ferir
Estragar
Aquele quadro triste
Mas belo
De amor

7 comentários:

Jofre Alves disse...

Passei para ver e apreciar o blogue, com texto poético de fina sensibilidade, e desejar óptimo fim-de-semana.

O Micróbio II disse...

Um elogio ao amor materno... assim o vejo eu!

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Espero que me desculpe forma como faço os meus comentários, mas é pura e verdadeira...
Para mim não chega, dizer está bonito ou lindo – por isso gosto de deixar pensamentos frases de outros autores como presente da minha gratidão e do meu encanto do que leio, do que observo nas imagens e na escrita.
É a minha maneira de ser esta...
A critica faço-as, da forma como somos tratados pelo Estado que ignora os problemas da nossa sociedade e como pouco ligam aos grandes talentos que encontro nos blogs.
Peço desculpa e se alguém não gostar da forma como faço os meus comentários agradecia que me dissessem pois tentarei melhorar.
Sou apenas uma amadora de escrita que escreve pela beleza de sentir na escrita as palavras que me vão na alma e penso que é essa a beleza que encontro naquilo que leio cada um escreve com a sua beleza.
Não quero com isto desrespeitar ninguém até porque as palavras lindas, bonito têm um grande significado no meu vocabulário.
Boa semana
Beijinhos
Conceição Bernardino
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

O Micróbio II disse...

OH, Conceição... "Para mim não chega, dizer está bonito ou lindo"... pois... é que no palavreado que debitaste tão eruditamente não vislumbro qualquer inclinação para o bonito ou para o lindo, ou até mesmo para o "não gostei"... e como pediste para te avisarem, como se pode ler: "Peço desculpa e se alguém não gostar da forma como faço os meus comentários agradecia que me dissessem pois tentarei melhorar"... pois, acho que tens de melhorar tudo, isto é, tens de te habituar a comentar... não leves a mal! Mas esta é tb a minha maneira de comentar comentários... o Morffina já sabe do que a casa gasta! :-)

Sem Quorum disse...

O teu blog está cada vez mais poético! Ainda havemos de fazer a psicanálise deste post...
Abraço,
ALM

morffina disse...

Cara Conceição,

Antes de mais, agradeço a sua particpação em forma de "comentário". No entanto, não cheguei a perceber se gostou ou não das minhas "palvras belas".

Peço desculpa pela minha falta de capacidade de interpretar o seu disurso crítico.

Até Sempre
MF

Conceição Bernardino disse...

Olá,

Melhores flores

As melhores flores e
Cores espalhadas em
Manchas
Largas de caminhos
Pisoteados marcados por
Anónimos passos

Poema do livro “Múltiplos de ti” da autora Marita Ferreira

É esta a flor que vos ofereço...
Bom fim-de-semana
Beijinhos Conceição Bernardino
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com