A dor é a manifestação primordial da vida. Tudo o que fazemos é para atenuar essa dor. A felicidade suprema seria a ausência total de dor. Eis uma tentativa de contribuição para minorar esse sentimento … Como naquela expressão inglesa: I have my moments, em resposta à pergunta, Are you happy?

sexta-feira, julho 27, 2007

Céus Europeus


Ao olhar o céu que explodiu, admirado
Admiro-me como o rasgo do trovão
Se rebenta em lágrimas de vida e de morte

Ao olhar o céu que explode, consternado
Pergunto porque o sol devora o ar tão avidamente
Em chamas se exubera, vivendo a morte

Sei, no entanto, que o porquê não existe

Nenhuma causa
Nenhum rancor
Apenas o acontecer
Apenas o tempo que mói a sua colheita

2 comentários:

Sem Quórum disse...

Até no clima a Europa está dividida!...
Abraço,
ALM

O Micróbio II disse...

Chuva a Norte, quente a Leste, fogo a Sul, temperado a oeste... alguma novidade?