A dor é a manifestação primordial da vida. Tudo o que fazemos é para atenuar essa dor. A felicidade suprema seria a ausência total de dor. Eis uma tentativa de contribuição para minorar esse sentimento … Como naquela expressão inglesa: I have my moments, em resposta à pergunta, Are you happy?

quarta-feira, outubro 11, 2006

São tantos


São tantos
E tão poucos os que ficam
E os que se governam
E os que se envergonham
E os números
E as pessoas
As Pessoas
São tantas
E tão pouco satisfeitas
E felizes
Uns tantos
E os tontos que os ouvem
São tantos
Os números
Que os governam
São poucos e tantos
E tanto lhes faz
Os tontos

5 comentários:

Anónimo disse...

gostei...
mas pergunto-me com quem me identifico?!
aos poucos que ficam?
às pessoas, pouco satisfeitas ou às felizes?
ou mesmo aos tontos?

será que importa?!
claro que importa...

resta-me um longo caminho

Sem Quorum disse...

São de facto tantos, que não passam de... meia-dúzia de gatos pingados!
Abraço!

O Micróbio II disse...

São tantos... os tontos!

Daniela mann disse...

Parabéns, está excelente!

al cardoso disse...

"...E tanto lhes faz os tontos"

Profundo, gostei mesmo.

Um abraco fornense.